Tpffcelticsociety

Wolbachia, a bactéria que impede mosquitos de transmitir zika


Wolbachia, a bactéria que impede mosquitos de transmitir zika / Notícias

O Bactérias Wolbachia, presente em 60% das espécies de insetos de todo o mundo, mosquitos estão sendo inoculados Aedes Aegyptiresponsável pela transmissão do Vírus Zika, dengue, chikungunya ou febre amarela, para evitar a disseminação do zika e, assim, evitar danos cerebrais causados ​​por essa infecção em bebês quando a mãe a contraiu durante a gravidez.

O mosquitos inoculados com Wolbachia será lançado no início do próximo ano no Rio de Janeiro (Brasil) e em Antioquia (Colômbia), com o objetivo de espalhar as bactérias para seus futuros descendentes para que essa estratégia, que protege contra o zika e a dengue, entre outros vírus, e que já foi usado com sucesso na Austrália, Indonésia e Vietnã, para se manter.

Inoculação de vetores de mosquito A bactéria Wolbachia protege contra Zika e Dengue, entre outros vírus, e este método já foi usado com sucesso na Austrália, Indonésia e Vietnã

Este plano, que é apoiado pelo Organização Mundial da Saúde (OMS), foi financiado pelo Wellcome Trust e a Fundação Bill e Melinda Gates, em colaboração com os governos do Brasil, dos Estados Unidos e do Reino Unido. Conforme explicado pelo Dr. Trevor Mundel, presidente do departamento de saúde mundial da Fundação Bill e Melinda Gatesinocular este tipo de mosquito com a Wolbachia é uma forma barata e autossustentável de prevenir zika e dengue, entre outras doenças infecciosas que transmitem esses insetos.

Este método foi investigado por cerca de dez anos por pesquisadores da Universidade de Monash (Austrália) para combater a dengue, mas a epidemia de zika América Latina e as suas graves consequências para a saúde dos filhos de mulheres grávidas grávidas que tenham sido afectadas por malformações como microcefalia, aumentaram o financiamento para pesquisa e, uma vez comprovada sua eficácia no Brasil e na Colômbia, planeja estender o método para outras regiões do planeta, já que existem mais de 50 países onde ocorreram surtos de zika.